Olá querida noiva, tudo bem? Você que nos acompanha sabe que defendemos uma determinada bandeira e uma frase a representa bem: É vestido para o corpo e não o contrário! Vemos muitas mulheres tentando se encaixar e encaixar seu corpo em determinados padrões, mas este não é o caminho! A beleza não mora nos padrões e por isso encorajamos mulheres a fazerem escolhas mais autênticas.

Pensando nisso, o vestido ideal para você é aquele que valoriza o seu corpo! E para você entender o que valoriza o seu corpo é fundamental que você entenda sobre silhuetas ou modelagens. A silhueta ou modelagem é a forma que a roupa dá ao corpo, sua base, estrutura. E ela tem duas principais funções: a de transmitir uma mensagem e a de equilibrar as formas do corpo!

Neste post iremos focar no papel que a silhueta desempenha ao equilibrar as proporções do corpo através da relação com o biotipo corporal. Um exemplo simples, se você quer equilibrar o volume do quadril com o volume do ombro, uma saia ampla e aberta pode proporcionar a harmonia perfeita, não deixando a largura do ombro aparentar maior que a do quadril.

Mas queremos deixar muito claro que a silhueta não é a única variável a ser considerada para equilibrar a forma do corpo e de forma alguma queremos restringir seu biotipo corporal à alguma silhueta específica! Você é livre para fazer aquela escolha que mais se identifica! Se optar por alguma silhueta que idealmente não seja a “melhor” para seu biotipo corporal, você fará uso de outras estratégias como tipo de tecido e seu caimento, detalhes e personalizações para, assim, atingir o resultado que irá mais valorizar seu corpo! Combinado?

IMPÉRIO

  • linha da cintura abaixo da linha do busto
  • saia leve e fluida

SEMI SEREIA/SEREIA

  • Corpo ajustado e cintura marcada
  • Saia ajustada até a linha do quadril (semi sereia) ou linha dos joelhos (sereia)
  • Cauda com volume até a barra lembrando a cauda de uma sereia.

TUBULAR

  • Caimento reto, sem contorno
  • Acompanha a linha natural do corpo.

PRINCESA

  • Corpo ajustado e cintura marcada
  • Saia com muita roda e volume.

EVASÊ

  • Cintura e busto bem marcado
  • Saia com pouca roda, abrindo a partir da linha do quadril.

Nas imagens que separamos você pode ver em detalhes as descrições de vários tipos de silhuetas, como também de biotipos corporais. E abaixo vamos te apresentar as possibilidades de silhuetas e características de vestido mais bem indicadas para cada biotipo corporal.

Biotipo triângulo

Neste caso, como os quadris são mais largos que os ombros e busto, indica-se duas silhuetas: a evasê e a império. A silhueta evasê por marcar bem o busto e cintura, ressaltando essas regiões e desviando o foco no quadril, e pela presença de uma saia com pouca roda que não contribui para aumentar o volume da região do quadril. Já a silhueta império, por apresentar a linha da cintura abaixo da linha do busto, valoriza muito a região do colo e não marca as curvas do restante do corpo. Quanto aos detalhes e personalização, é interessante chamar a atenção com detalhes na barra, desviando o foco do quadril. Na parte superior, o tomara que caia dá impressão de ombros mais largos, o que ajuda a harmonizar com o volume do quadril.

Biotipo retângulo

A mulher com biotipo retângulo tem os ombros, bustos e quadril aproximadamente do mesmo tamanho e a cintura não é muito menor. Sendo assim, invista em silhuetas que façam a marcação da cintura alta, como a modelagem princesa ou evasê. A ideia principal é criar a impressão de curvas no corpo, fazendo, principalmente, a cintura parecer mais fina que o busto e quadril.

  • Biotipo oval

A cintura é maior que os ombros, busto e quadril. Concentre-se em redistribuir as formas e desviar a atenção do abdômen para os seios e ombros por meio de decotes que favoreçam a região e detalhes. Vestidos com silhueta império de corpo reto e solto são indicados assim como aqueles com cintura marcada, principalmente, em tecido mais encorpados, “criando” a cintura que equilibrará as proporções.

  • Biotipo triângulo invertido

A mulher com este biotipo tem os ombros mais largos que o quadril e, assim, você deve apostar em tudo que chame a atenção para a parte inferior do corpo. Silhuetas com roda e volume, como evasê e, principalmente, princesa são muito indicadas. A saia de um vestido com corte em camadas, presença de babados e drapeados, proporcionam equilíbrio ideal.

  • Biotipo ampulheta

Os ombros, busto e quadril são aproximadamente do mesmo tamanho e a cintura é definida. Neste caso as proporções do corpo são bem equilibradas e silhuetas mais ajustadas e que valorizam as curvas naturais do seu corpo são muito indicadas, como a semi sereia e sereia. Maioria das silhuetas são indicadas para este biotipo e a regra básica é: marcar a cintura e não “aumentar” a região dos ombros e quadril para, assim, manter a proporção. Vale muito também alongar a silhueta por meio de decotes em V ou com detalhes que chamem a atenção para a parte superior do corpo.

E então querida noiva, este post foi esclarecedor para você? Aqui tentamos abordar de forma mais ampla a relação entre biotipo corporal e silhuetas, considerando outras variáveis importantes para o equilíbrio das proporções. Falando nisso, nos acompanhe no nosso perfil de instagram @anacostantinbridal pois estamos falando bastante sobre essas questões lá! Iniciamos uma série: “Sendo estilista com a Ana Costantin!” e estamos criando um vestido do zero e compartilhando cada etapa com nossas seguidoras! Demais né?

Uma ótima segunda-feira para vocês!